terça-feira, 5 de julho de 2011

Casmurrice















Obnubilar a retina quando ver passagem:
Desassossego hermético que anseia o vôo.
Um quebra-mola pra quebrar o passo,
Um arvoredo pra amparar a polis
E o desespero de quem espera o pouso.
Silêncio... ávida vista de quem quer saltar.

2 comentários:

  1. Salto, nada à vista,
    é quando me entrego,
    roubo-me..
    ousado me quer a vida.

    ResponderExcluir
  2. show de bola "jecabrejo", rs, adorei.

    ResponderExcluir