segunda-feira, 20 de junho de 2011

Vou-me, tá?



Respirar líquido e algo preso na garganta. O gargalo da alma se fechava aos poucos... (RES)pira. (INS)pira. TRANS pira. Relutara o fogo da pira, mas a cremação insistia. Era solitude infinita e o escuro que, sem dimensões, confortava quase num alívio... alívio de vida. As mãos começaram a sentir angina. Os fios de cabelo perdiam o ritmo do batimento cardíaco. O Estômago mastigava o vômito. A queimação insistia.
A carótida já nodosa e o leve formigamento do (não) ser despertara a insônia. Neuropraxia cerebral.  Optar pelo sol em se pôr seria um consolo à alma. À perturbação. Paisagem sublime, infinita em todo horizonte. Espasmos: orgasmo estomacal. Ejaculação precoce: ácido clorídrico é o ferormônio do amor a ti.

                                - e dói tanto essa coisa de alma inquieta. Como se o demônio pactuava ali um contrato... E sob coação moral assinasse outro nome. Coar a alma, escoar a vida. –
                                -  e dói tanto essa coisa de pensamento moleque...
(...) Ouvira a buzina. Era a combi! A escola chamava. Desenha aqui menina. Qual é o desenho? Não é um desenho. É um retrato. Retrato. Que lindo. De quê? É um desenho. Desenho? Retrato de um desenho que eu vi. Como era o desenho? Eu não sei. Estava dormindo – Espasmo. – E como você viu dormindo? Quem disse ver dormindo, tia? Você disse. Não eu não disse. O que você disse? Eu não sei. Posso segurar sua mão? Pode. Mas você vai soltar? Um dia eu vou ter de soltar. É... Eu sei. Isso é tão decepcionador...  Decepcionador? Inventei agora, tia. Você é especial... (...)
... Cada hora em um lugar. Precisar é algo certo ou necessário. É preciso a vontade de ir. É também a de vomitar. Se é necessário... Título.
Medo de pisar o chão. Dome. Sinestésicamente, a anestesia fazia efeito: cerrar os olhos, e deixar-se pegar por vários homens. Fizeram-na um autoabraçar-se. Autuação racional pra almas que voam longe demais.

Um comentário:

  1. eta menina... q bacana... amei a parte: "O Estômago mastigava o vômito". Será por isso eu não ser dar título às minhas coisas???? Tenso... E essa tia??? Hummm... tadinha... ainda bem q eu não me encaixo nisso, aliás, dou as mãos para voar junto... vc é show, menina... sempre... me deu vontade de escrever pra vc...

    ResponderExcluir